É difícil conhecer alguém que nunca tenha ouvido falar do Sylvester Stallone. Dentre as dezenas de filmes que ele estrelou, Rocky e Rambo certamente são os mais lembrados.

Michael Sylvester Gardenzio Stallone é filho de um cabeleireiro e uma astróloga. Nasceu em 1946 em Nova York (EUA) e, por complicações durante o parto, ficou com paralisia em partes do rosto.

Em 1970, depois de ser despejado de seu apartamento e dormir durante três semanas numa estação de trem, ele conseguiu o seu primeiro papel no cinema: em um filme erótico, no qual ele recebeu cerca de US$ 100 pelo trabalho. Aquele foi um período de grande desespero para ele.

Mas um dos momentos mais duros de sua vida aconteceu quando ele teve que vender seu cachorro, por não ter mais como alimenta-lo. Ele vendeu o cachorro para um desconhecido por cerca de US$ 20.

Passadas algumas semanas, Stallone assistiu a uma luta de boxe e foi aí que ele teve a maior inspiração de sua vida. Durante 20 horas seguidas ele escreveu o roteiro do filme Rocky!

Stallone bateu à porta de vários estúdios para vender o roteiro e chegou a receber uma oferta de US$ 125.000. Porém, acabou recusando porque ele queria ser o personagem principal, mas o estúdio não estava interessado… Eles queriam o roteiro, mas não queriam o Stallone, pois alegavam que ele tinha um rosto estranho e falava de um jeito esquisito.

Depois de várias negociações, chegaram a oferecer US$ 350.000 e mesmo assim Stallone recusou vender apenas o roteiro. O sonho dele era estrelar o seu próprio filme!

Passado algum tempo aceitaram pagar US$ 35.000 pelo roteiro e concordaram que ele interpretasse o Rocky Balboa. E adivinha qual foi a primeira coisa que ele fez com o dinheiro? A primeira coisa que ele fez, foi esperar por três dias onde tinha vendido seu cachorro pra tentar compra-lo de volta! Tentou comprar por US$ 100 mas o homem se recusou a vende-lo. No fim, ele acabou comprando seu cachorro de volta por inacreditáveis US$ 15.000.

Rocky: um Lutador, venceu o Oscar de melhor filme em 1977, teve várias sequências e arrecadou milhões de dólares em bilheteria.

A primeira coisa que essa história nos induz a pensar é que o Stallone era um péssimo negociador: além de vender o roteiro por 90% abaixo da melhor oferta que havia recebido, ele comprou seu cachorro de volta por quase 1.000 vezes o preço que havia vendido inicialmente…

Mas a verdade, na minha opinião, o maior aprendizado dessa história, é que se você tem um sonho grandioso e acredita nele com toda a sua fé, você será capaz de pagar qualquer preço para realiza-lo.

E não estou falando só de dinheiro, também estou falando do seu tempo, da sua energia, da sua dedicação.

Eu aposto que o Stallone daria o roteiro do filme até de graça, se tivesse a garantia de interpretar o Rocky Balboa. E eu também aposto que ele teria oferecido todo o seu dinheiro para ter o seu melhor amigo de volta.

A negociação parece ter sido muito ruim naquela época. Mas no fim das contas, se ele não tivesse feito tudo o que fez, talvez eu não estivesse escrevendo este texto agora, simplesmente porque nunca teríamos ouvido falar nele.

O ano de 2020 está apenas começando. Mas se olharmos para trás, talvez a maioria das pessoas deixou de realizar vários de seus objetivos no ano que passou. Sonhos e projetos acabaram ficando para trás, perdidos no meio da rotina.

Mas a boa notícia é que temos 1 ano inteiro pela frente! E esse período é tempo suficiente para fazer muita coisa, inclusive aquilo que ficou engavetado nos últimos anos.

#partiu2020
Quem vai?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *